Dia 22 de Agosto- Dia do Folclore.

 Olá amigos e amigas,
as semanas andam corridas
e o tempo cada vez mais curtinho...
Preparei estas atividades sobre o Folclore
(Fábulas,poema e atividades para pintar).
Que é muito rico em atividades...
Espero que sejam úteis...
Se quiserem ver mais algumas atividades de textos e 
Agradeço a todos pelos comentários de carinhosos
 deixados por aqui... 

O Folclore ou, o conjunto de manifestações culturais de um povo,  é constituído pelos  costumes e tradições, os quais são transmitidos de geração em geração através de lendas, contos, provérbios, canções, danças, artesanato, jogos, religiosidade, brincadeiras infantis, mitos, idiomas e dialetos característicos, adivinhações, festas e outras atividades culturais que nascem e se desenvolvem com o povo.   O folclore do Brasil é um dos mais ricos do mundo, tendo origens no índio, no português e no africano absorveu ainda as influências dos imigrantes italianos e alemães. Toda esta diversidade espalhou-se pelo amplo território, sendo vivenciado nas peculiaridades regionais dos estados.
 
As lendas são estórias contadas por pessoas e transmitidas oralmente através dos tempos;  sofrem alterações à medida que são recontadas; misturam fatos reais e históricos com acontecimentos que são frutos da imaginação. Elas procuram dar explicação para coisas que não tem explicação científica comprovada como acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais.

Os mitos, por sua vez,  são narrativas que possuem um forte componente simbólico;  procuram  explicar a realidade, os acontecimentos da vida, os fenômenos naturais, como resultado da intervenção de deuses,semi-deuses, heróis e personagens sobrenaturais;  os quais acabam, no transcorrer da história e do tempo, misturando-se aos fatos da realidade,  dando sentido a vida e ao mundo.

Os trava-línguas são desafios de pronúncia, arrumaçôes de palavras sem acompanhamento de melodia, às vezes rimada, obedecendo a um ritmo que a própria metrificação lhe empresta. Estas frases tornam-se difíceis, pois possuem muitas sílabas parecidas (exigem movimentos repetidos da língua) e devem ser faladas rapidamente.
O que faz as crianças repeti-los é o desafio de reproduzi-los sem errar. Entra aqui também a questão do ritmo, pois elas começam a perceber que, quanto mais rápido tentam dizer, maior é a chance de não concluir o trava-línguas.
 Ex.: "O tempo perguntou para o tempo qual é o tempo que o tempo tem. O tempo respondeu pro tempo que não tem tempo de dizer pro tempo que o tempo do tempo é o tempo que o tempo tem".
"O rato roeu a roupa do rei de Roma."
 














 Deixe um recadinho, vou adorar ler.
 Beijocas
Paz e Luz!

8 comentários:

Imaginário disse...

Del, saudades...
Não tenho tido tempo para visitar os amigos como gostaria. É sempre um prazer estar aqui. Adoraria participar de suas aulas (devem ser riquíssimas, pelo material que nos mostra aqui...). Desfiz um pouco da saudade e deixo meu abraço carinhoso e votos de uma ótima semana. Na Paz e com Deus, sempre!
Gilson.

Alécia Ana Fernandes disse...

Oi minha linda!!!Ótimas sugestões....aforei!!!
Obrigada peça visita!!! Estou um pouco ausente por recomendações médica. Estou com a síndrome do impacto grau II. Estou fazendo fisioterapia por causa das fores e do movimento do braço.
Mas estou levando numa boa. E sempre que posso dou uma passadinha para ver as novidades.
Fique com Deus e tenha uma abençoada semana.
Beijos carinhosos!!!

Rosangela Vali disse...

Oi amiga!Parabéns pela postagem.Está muito rica.
Informo vc tbém que sua inscrição em nosso sorteio de um ano de blog está feita em outra postagem sobre o sorteio em 7 de agosto.Deixei lá e vou colocá-la na relação para o sorteio conforme a data.Vc está 100% de participação e desjo boa sorte.
Bjos e boa semana!Fique com Deus!

ATELIER CORES E FORMAS disse...

OI AMIGA,PASSEI PARA UMA OLHADELA E DESEJAR UM A SEMANA ABENÇOADA.BJUS FÁTIMA

Educadores Multiplicadores disse...

Olá Multiplicadora Del, estamos muito felizes por você fazer parte deste projeto. Como prometido, seu blog já foi divulgado. Fizemos de coração, esperamos que goste!

Aqui está o link da publicação:

http://www.educadoresmultiplicadores.com.br/2012/08/multiplicador-ler-com-prazer.html

Faça uma visitinha especial ao blog Educadores Multiplicadores, abra as páginas e veja como ficou sua divulgação.

Multiplicadora, (se quiser) escreva um pequeno post mostrando sua chegada ao Educadores Multiplicadores.

E já sabe, seu blog poderá ficar em evidência todos os meses, conforme as regras da parceria.

http://www.educadoresmultiplicadores.com.br/2012/06/seja-um-educador-multiplicador-divulgue.html

Faça uma visitinha e torne-se seguidora do Blog Marquecomx (é parte da parceria):

http://www.marquecomx.com.br/

Parabéns pelos excelentes textos, fique na Paz de Cristo Jesus, abraço e até breve!

ANTONIO RUBILAR BARBOSA VALENTE disse...

Amiga Del!
Bonito post, essas historinhas todas é que povoam as cabecinhas de nossas crianças.Legal, gostei!Um ótimo fds para vc e os seus.Fique com Deus!Um bjo amigo, Rubi.

Regina karla de Azevedo disse...

Oi, amiga!
Seu blog está muito bonito e competente!
Adorei!
Vou segui-lo!
Parabéns pelo trabalho!
Beijos,

Professora Maria Simões de Brito disse...

Oi Del! Como sempre você continua trabalhando muito, ensinando e fazendo felizes nossas crianças. Continue sempre assim com essa garra.
Este ano parei de dar aulas, mas ainda mão consegui parar de pensar em escola.

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita! Deixe o seu recadinho...
(não se esqueça de deixar seu endereço de e-mail, para que eu possa responder).

A todos que me visitarem...

Se desejar copiar as sugestões aqui postadas,
fique à vontade, mas por favor mantenha
os créditos das mesmas para que esse
blog continue com seu propósito: o de ajudar.
Caso você coloque as informações em seu
blog, não esqueça de mencionar de onde
copiou, ok? As imagens que, porventura
não estiverem assinadas, foram coletadas
na internet e possuem apenas caráter
ilustrativo, não há intenção de violar
os direitos autorais. Sendo assim, peço
aos autores que se pronunciem para
que sejam dados os devidos créditos.