Dia Nacional do Livro Infantil - 18 de Abril.

 Olá amigos(as)
que por aqui passam...
O tempo anda curtinho...
No dia 18 de Abril, comemoramos o 
Dia do Livro Infantil e de Monteiro Lobato.
Preparei algumas atividades, espero que sejam úteis.

      O dia 18 de abril foi instituído como o dia Nacional da Literatura Infantil, em homenagem à Monteiro Lobato.
       “Um país se faz com homens e com livro”. Essa frase criada por ele demonstra a valorização que o mesmo dava à leitura e sua forte influência no mundo literário.
Monteiro Lobato foi um dos maiores autores da literatura infanto-juvenil, brasileira. Nascido em Taubaté, interior de São Paulo, em 18 de abril de 1882, iniciou sua carreira escrevendo contos para jornais estudantis. Em 1904 venceu o concurso literário do Centro Acadêmico XI de Agosto, época em que cursava a faculdade de direito.

       Como viveu um período de sua vida em fazendas, seus maiores sucessos fizeram referências à vida num sítio, assim criou o Jeca Tatu, um caipira muito preguiçoso.
Depois criou a história “A Menina do Nariz Arrebitado”, que fez grande sucesso. Dando sequência a esses sucessos, montou a maior obra da literatura infanto-juvenil: O Sítio do Picapau Amarelo, que foi transformado em obra televisiva nos anos oitenta, sendo regravado no final dos anos noventa.
          Dentre seus principais personagens estão D. Benta, a avó; Emília, a boneca falante; Tia Nastácia, cozinheira e seus famosos bolinhos de chuva, Pedrinho e Narizinho, netos de D. Benta; Visconde de Sabugosa, o boneco feito de sabugo de milho, Tio Barnabé, o caseiro do sítio que contava vários “causos” às crianças; Rabicó, o porquinho cor de rosa; dentre vários outros que foram surgindo através das diferentes histórias. Quem não se lembra do Anjinho da asa quebrada que caiu do céu e viveu grandes aventuras no sítio?

         Dentre suas obras, Monteiro Lobato resgatou a imagem do homem da roça, apresentando personagens do folclore brasileiro, como o Saci Pererê, negrinho de uma perna só; a Cuca, uma jacaré muito malvada; e outros. Também enriqueceu suas obras com obras literárias da mitologia grega, bem como personagens do cinema (Walt Disney) e das histórias em quadrinhos.

Na verdade, através de sua inteligência, mostrou para as crianças como é possível aprender através da brincadeira. Com o lançamento do livro “Emília no País da Gramática”, em 1934, mostrou assuntos como adjetivos, substantivos, sílabas, pronomes, verbos e vários outros. Além desse, criou ainda Aritmética da Emília, em 1935, com as mesmas intenções, porém com as brincadeiras se passando num pomar.
              Monteiro Lobato morreu em 4 de julho de 1948, aos 66 anos de idade, no ano de 2002 foi criada uma Lei (10.402/02) que registrou o seu nascimento como data oficial da literatura infanto-juvenil.

Vamos as atividades:

Fiz a Emília (Paper Toy). Pus no mural.
Só que na escola não temos xerox colorida
por isso ficou assim...

 

Fiz o Visconde (Paper Toy). Pus no mural.
Só que na escola não temos xerox colorida
por isso ficou assim...













 Fiz as Emílias na turma do 2º ano 
com cabelo de crepom colorido...
Já na turma do 5º ano, com cabelos de retalhos 
de panos....
 Aproveitei e fiz essa Emília com restos de E.V.A
e retalhos de pano, para enfeitar o mural...


Essa atividade  abaixo adaptei do blog:
http://alfabeletrando.blogspot.com.br
Se quiserem ver mais atividades que fiz com meus alunos em 2011,
cliquem no link  no final da postagem abaixo:
 Emílias (recorte,colagem de tecido, pintura )
 Visconde (recorte, pintura,
colagem de milho e papel crepom )


 Beijocas.
Uma semana de muita
 Luz para todos!

8 comentários:

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Olá Del, bom dia!
Lindo post.
Sou de Taubaté morei, nasci e morei lá sempre, hoje moro em Pindamonhangaba, a princesinha do vale.
Tenho muito orgulho de ter nascido na mesma cidade que Monteiro Lobato,Taubaté é a capital da literatura infantil...beijinhos no coração e linda semana

Pop porcelana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marie Mariah disse...

Parabéns trabalho 10 , seu carinho e dedicação é tudo , vc arrasa beijokas ♥

Isabel Cristina Viana Ramalho disse...

Oi Del, amei o post! Uma excelente mão na roda para professores....e biblotecários.
Bjos e feliz semana, amiga!


http://baudaarteira.blogspot.com/
http://gotasdesimplicidade.blogspot.com/

BRUNARECA disse...

Muito legal. Eu sou personagem, mas também adoro ler. Fiz até um post no meu blog sobre o Dia Nacional do Livro. http://brunareca.blogspot.com.br/

Lourdes Mariano disse...

Ótima postagem, compartilhei no face com o link do site!
abraços

Yuri Kubo disse...

Ola!
Nao tem coisa melhor do que uma boa leitura.Eu tambem gosto muito de ler.Eu nao costumo esperar que outras pessoas venham e me expliquem as coisas,rs...Sempre que posso,leio tudo,ate rotulo de pacotes alimenticios,etc.
Mas vou lhe falar uma coisa.Aqui,os japoneses gostam muito de ler,nunca vi igual.Qualquer lugar vc encontrar as pessoas com livros na mao,na estacao enquanto esperam os metros e trens,dentro do trem,ate em pe eles estao lendo,acreditas?!?!?Enquanto estao nas clinicas medicas,odontologicas,bancos,esses lugares,tem revistas,livros,de varios assuntos,gostos pra todos.Ate eu,ja estou nessa onda,enquanto espero que me atendam,pego uma revista de culinaria e ja vou dando uma folheada pra ver se encontro algo de novo,rsrs...
Os meus filhos,gostam de jogar games,mas quando tem livros,aff,nao trocam por nada.Todo mes,tenho que comprar umas revistas,mangas,mensais para eles,senao,parece que ficam desatualizados do mundo dos livros.Isso,eu admiro muito da raca japonesa.
E vejo que e legal,meus filhos leem bastante que sempre estao por dentro das coisas que rolam aqui e no mundo...Ja escrevi de mais,vou ficando por aqui,bjs...

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita! Deixe o seu recadinho...
(não se esqueça de deixar seu endereço de e-mail, para que eu possa responder).

A todos que me visitarem...

Se desejar copiar as sugestões aqui postadas,
fique à vontade, mas por favor mantenha
os créditos das mesmas para que esse
blog continue com seu propósito: o de ajudar.
Caso você coloque as informações em seu
blog, não esqueça de mencionar de onde
copiou, ok? As imagens que, porventura
não estiverem assinadas, foram coletadas
na internet e possuem apenas caráter
ilustrativo, não há intenção de violar
os direitos autorais. Sendo assim, peço
aos autores que se pronunciem para
que sejam dados os devidos créditos.